Cia da Cidade - O Vendedor de Sonhos
Cia da Cidade - O Gaúcho
Cia da Cidade - Simplesmente Natal
Ari Areia

Ari Areia

Narra a estória de um pequeno grão de areia chamado Ari, que impulsionado por um amor quase impossível, faz de tudo para encontrar sua amada Lucinha, uma estrela, do céu.

No caminho de sua busca, encontra vários amigos que tentarão ajudá-lo, a atingir seu objetivo.

Na força do amor, conhece o Seu Galo e a Galinha Matilda. Na sabedoria do Sapo Cururu e com os conselhos de Pedro e Pedra, uma “famosa” dupla gauchesca, Ari segue seu caminho em busca do seu sonho.
Ari Areia é uma estória simples. Uma estória que fala do amor de um pelo outro, fala de estar apaixonado e fala de sonhos, coisas necessárias.

Tornar real aquilo que sonhamos é a parte mais legal do sonho.

E o amor deve estar sempre presente. Para falar de amor é preciso amar. Para falar de estar apaixonado é preciso paixão. Para sonhar é preciso acreditar em transformações.

Amamos o público, temos paixão pelo teatro e acreditamos na arte como uma ponte para um mundo melhor. Por isso e com isso fazemos este espetáculo, dirigido as crianças (de todas as idades).

project 2

Onde o Diabo Perdeu as Botas

Conheço o Piéterson há doze anos, desde um encontro artístico no Festival de Blumenau. Na época iniciamos uma parceria teatral que rendeu belos, divertidos, emocionantes e vigorosos espetáculos. De alguma forma evoluímos em nossos conceitos e nossas percepções da linguagem do teatro. O palco que dividimos nestes anos todos refletiu experiencias e vontade de evoluir em linguagens e principalmente, na relação público/ator, a mais emocionante e difícil.

Há muito tempo acalentávamos o desejo de criar uma peça de teatro onde o trabalho do ator fosse o contro da cena e a palavra a linguagem a ser encenada. Fomos buscar numa história que de original só tem o conteúdo. Nascida de um fato verdadeiro, contado para mim por um veterinário paranaense há dez anos, a história de dois homens de culturas diferentes que disputam a vida e a morte de um cavalo representou o material perfeito para esse produto do amadurecimento de uma relação artística e uma parceria feita de amizade e respeito. "Onde o Diabo Perdeu as Botas" é um espetáculo onde o conteúdo é pretexto para um exercício de palavra. O texto é uma mistura de linguagens (ou línguas...) que refletem uma maneira simples, espiritualizada e ingênua de pensar. Esta é a forma/conteúdo desta peça de teatro. Coube a mim, ao Piéterson, à Naiara e ao Marcio esta difícil, mas corajosa experiência/aventura: oferecer à Cia da Cidade um espetáculo onde a modernidade da linguagem pós-dramática fosse o conteúdo/forma. Um projeto ousado, um risco artístico e um passo à frente.

Edson Bueno.

project 3

Mansão do Terros

Coisa muito boa é rir, assim descompromissadamente, preocupado apenas em fazer de alguns tempos da vida uma deliciosa passagem de prazer! Alguns momentos é essa gargalhada que transforma, modifica conceitos, altera estados de humor. A vida é bela e se em alguns momentos a receita é a da mais profunda reflexão, em outros é preciso mesmo relaxar.

Esta segunda versão de A Mansão do Terror, espetáculo que tanta alegria deu a atores e público no passado, quer simplesmente brincar, fazer do teatro um espaço da pura felicidade. Teatro tem disso. Este encontro mágico entre atores e público permite todos os tipos de encontro. E como todos precisamos, nestes tempos de incertezas, de comédia. Esse nosso novo espetáculo é a experiência da farsa, da comédia e porque não dizer da inacreditável loucura! Aquela que sempre acompanha o amor. O amor pelo fazer teatral. Divirtam-se todos e riam e relaxem, porque a vida é bela!

project 4

O Desejo - Entre o Fogo e a Luz

O DESEJO - entre o fogo e a luz. Este é o título do espetáculo que acabamos de assistir no Teatro do Sesc. Falei com várias pessoas que, unânimes, consideram o espetátulo tão bom quanto o Circle Du Soleil em Alegría. O musical é maravilhoso, o malabarismo circense é surpreendente e as danças perfeitas. Em Passo Fundo temos uma companhia que sabe tudo de palco e consegue proporcionar ao público todos os ingredientes que os grandes espetáculos do mundo oferecem. Temos que parabenizar a Cia da Cidade e agradecer pelo que vem realizando pela beleza, pela música, pelo circo, pela dança e pela cultura em nossa cidade. Estou gratificada... "comentário de Sueli Gehlen Frosi"

project 5

Psicose a Comédia

O título já diz tudo - ou melhor, quase tudo! Trata-se de uma comédia e as mais interessantes são sem duvida aquelas que fazem rir. “Psicose” não é necessariamente uma brincadeira com o famoso Alfred Ritchcock, mas uma homenagem. Conta, como no filme, a dolorosa história de um adolescente, Guy, que tem como obsessão assassinar mulheres alguns minutos depois de ter feito amor com elas. Conta ainda duas histórias paralelas e tão dolorosas como a de Guy: de sua mãe, Constance, que diante da loucura do filho é obrigada a mantê-lo aprisionado dentro de casa e por isso mesmo tem que “caçar” mulheres em intervalos regulares, para numa armadilha cruel, entregá-las ao filho para que ele as ame e depois mate; e de sua tia, ou melhor, seu tio Bruno... uma mulher que tem que esconder-se sobre a máscara masculina para não ser seduzida e assassinada pelo próprio sobrinho. Complexos, obsessões, loucuras, medos vinganças e paixões fazem o tempero desta aventura incrivelmente cômica. Não é tarefa simples usar a comédia para contar histórias que no fundo são tristes. Mas a comédia é também reflexão! E entre uma gargalhada e outra, o público ode acompanhar a humanidade e o destino de personagens diferentes, com os quais ele vai se tornando íntimo à medida que o espetáculo evolui. “Psicose – A Comédia” brinca com diversos gêneros do cinema: o suspense, o terror, o humor negro, o melodrama e os policiais. No fundo, uma história de aprisionamento. Uma aventura para dentro da psique humana, pelos caminhos do riso.

project 6

Diário de um Bonitão

“Diário de um Bonitão”, fala sobre a busca incessante pela estética perfeita. É antes de qualquer coisa uma reflexão bem humorada sobre a condição humana e uma sátira aos padrões e costumes de uma sociedade esteticamente globalizada.

project 7

Webste for Some Client

ClientSome Client Name
DateJuly 2013
SkillsHTML5, CSS3, JavaScript
Linkhttp://examplecomp.com

Always continue the climb. It is possible for you to do whatever you choose, if you first get to know who you are and are willing to work with a power that is greater than ourselves to do it.

project 8

Webste for Some Client

ClientSome Client Name
DateJuly 2013
SkillsHTML5, CSS3, JavaScript
Linkhttp://examplecomp.com

What if you gave someone a gift, and they neglected to thank you for it - would you be likely to give them another? Life is the same way. In order to attract more of the blessings that life has to offer, you must truly appreciate what you already have.

project 9

Webste for Some Client

ClientSome Client Name
DateJuly 2013
SkillsHTML5, CSS3, JavaScript
Linkhttp://examplecomp.com

I learned that we can do anything, but we can't do everything... at least not at the same time. So think of your priorities not in terms of what activities you do, but when you do them. Timing is everything.

  • project 1

    Ari Areia

  • project 2

    Onde o Diabo Perdeu as Botas

  • project 3

    Mansão do Terror

  • project 4

    O Desejo

  • project 5

    Psicose a Comédia

  • project 6

    Diário de um Bonitão

Sejam bem vindos

A Cia da Cidade, fundada em 18 de junho de 2005, é uma opção de entretenimento, lazer, cultura e conhecimento. Não se trata apenas de um grupo de teatro, mas também de uma produtora artística. Além dos espetáculos teatrais de palco, a Cia desenvolve uma pesquisa embasada na idéia do novo circo, que se refere a um misto de teatro, música, artes plásticas, dança e o próprio circo. Os interantes da Cia têm o acúmulo de 15 anos de experiência. Agregam-se a ela especialistas em Teatro-Educação, atores, artistas plásticos, músicos, performers, malabaristas, acrobatas, ginastas, bailarinos e capoeiristas.

team 1

Cia da Cidade

A IMAGINAÇÃO NOS LEVA A QUALQUER LUGAR

 

 

 

 

Encontre nos nas Redes Sociais

 

O Grupo Grazziotin é patrocinador oficial da Cia da Cidade,
viabilizando nosso trabalho e incentivando todos os artistas envolvidos e a cultura de modo geral.

Seja um patrocinador!

Contato

Galeria de Fotos

Contato

Envie um e-mail para a Cia da Cidade

Por favor, insira o nome.
Digite endereço de e-mail válido.
Por favor, escreva sua mensagem.

Rua: Coronel Chicuta, 991, Centro

Passo Fundo-RS - 99020-030

contato@ciadacidade.com.br

54 3601 3537

54 9979 5033

 

 

Redes Sociais